NÃO RECLAME DAQUILO QUE VOCÊ PERMITE

Não se permita ser dizimado emocionalmente sob as atitudes de quem ama, temendo que ele vá embora. Não se prenda à falsa idéia de que não conseguirá ser feliz sem aquela pessoa, ou estará fadado a endeusar o outro, em detrimento de si mesmo. Dessa forma, você acabará se tornando alguém nulo, alguém desaparecido, e perderá o outro de qualquer forma, porque ninguém quer passar a vida ao lado de quem nem parece existir de verdade.

É preciso esquecer o medo de perder as coisas e as pessoas, parar de se agarrar ao que se tem cegamente, sofrendo e vivendo uma vida que não nos pertence. O preço a pagar pela anulação do que se é em favor do outro é muito caro e implica nada menos do que a infelicidade diária e o esquecimento dos próprios sonhos.

Mais um texto verdade que “joga” na minha cara coisas que eu deveria saber há tempos, mas tudo bem a vida é um eterno aprendizado. O fato de deixar que algumas coisas me abalem está na importância que dou a elas, coisas pequenas que as vezes não são nada mas que eu transformo num monstro invencível

Separei esses trechos porque me lembram bem meu último relacionamento, as minhas nulidades em prol de um amor que eu sentia por outro, uma doença, um endeusamento que me magoava e inferiorizava. E por todas essas coisas eu vivi infeliz diariamente e esqueci dos meus próprios sonhos e metas.Eu não posso ficar refém das minhas mágoas e do meu passado, muito menos ficar refém de um sentimento que já não sinto mais e que nunca me agregou em nada, pelo contrário só me fez sofrer. Tenho que levar disso tudo somente a aprendizagem e não enlouquecer indo atrás de saber coisas que não me dizem respeito,ainda mais se essas coisas vão me magoar. Tenho que parar com essa “mania” absurda de deixar todas as coisas me abalarem e me influenciarem eu sei que posso mais, que sou mais e das minhas capacidades. Se não deu certo é porque vem coisa melhor pra mim.

 

Advertisements

Sobre annateixxeira

Alter ego de uma recém-casada [riscar] , [riscar] empregada e futura formanda. Criei um blog para contar minhas histórias de estudante, casada e futura formanda, agora escrevo minhas histórias de separada e graduada.
Aside | Esta entrada foi publicada em Obvious. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s